Bariloche

Patagônia 2009: Esquel e Parque Los Alerces

Índice de posts da Viagem Patagônia 2009

Vista parcial da cidade de Esquel

Após descarregarmos as bagagens das motos no Hotel, fomos conhecer o Parque Los Alerces que fica próximo, e como o tempo estava instável não pudemos nos aventurar pelas belas atrações mais distantes do parque. Nos divertimos muito e demos muita risada!!!

O parque tem charmosas lojinhas de compotas e doces onde as meninas aproveitaram, teve gente que até passou para o lado de vendedora e foi mexendo em tudo, até achar o que queria!!! Em seguida fomos a uma típica casa de chá que servia doces maravilhosos!!!.

Los Alerces

Entrada do Parque Los Alerces

Hoje, acredito que pegaremos tempo bom para Puerto Madryn, serão cerca de 700 quilômetros de estrada que esperamos esteja em melhores condições que a de Bariloche para Esquel. De qualquer forma, eu e a Lou planejamos voltar direto para Campinas, pois compromissos profissionais me aguardam no início da semana que vem. O grupo continuará viagem normalmente nas motocicletas, sem a Land Rover de apoio.

Casa de Chá em Esquel

Espero que todos estejam aproveitando os posts e fotos que estou fazendo!!! Espero também que os demais colegas continuem as postagens no blog na minha ausência. Pena ter dado o tempo para mim, pois estava me divertindo muito, mas a Internet que dependo para trabalhar, tem sido de péssima qualidade!!! Hoje estou ao lado da recepção do Hotel, são 5:00 hs da manhã, o sinal está ruim…e é isso todo dia!!! Brigas nos hotéis para ter uma qualidade melhor de recepção na rede sem fio no meu Notebook.

Abraço a todos!!

______________________________________________________________________________

Texto: Zoom

Patagônia 2009: San Carlos de Bariloche

Índice de posts da Viagem Patagônia 2009

bariloche2

Chegada em Bariloche

Aproveitamos Bariloche para dar uma boa relaxada e descansar. Chegamos no dia 26 e saímos hoje de manhã (29/10) rumo a cidade de Esquel. O tempo ajudou e pudemos curtir os dias maravilhosamente em Bariloche. Fomos ao Cerro Catedral, local das pistas de esqui no inverno, onde a temperatura estava baixa e não permitiu que nos aventurássemos pela área.

 

 

bariloche02

San Carlos de Bariloche

Almoçamos e fomos visitar o famoso Hotel Llao Llao, que por sorte nossa abre para visitação pública todas as terças-feiras. O local onde o Hotel está situado é de rara beleza. Ele fica nas margens do Lago Nahuel Huapi e está integrado na paisagem de uma forma espetacular. Aproveitamos para tirar diversas fotos e fazer filmagens. As meninas aproveitaram para ir às compras, principalmente artigos voltados para se aquecerem…. Cachecois, luvas, botas, meias etc…

Vista do Hotel Llao Llao e lago Nahuel Huapi

O jantar foi patrocinado pela família Zoom, pagando uma promessa feita por mim dias atrás para comemorar a chegada do passaporte em Mendoza. O Folegatti não estava bem  e somente tomou uma sopa….azar dele, sorte minha!!! Ele ficou reclamando que não valia, e dançou na oportunidade….Dei sorte!!!  Ele já está bem  e fez o trajeto para Esquel numa boa.

Andes perto de Bariloche

A viagem para Esquel foi perigosa, com muita chuva, depressões na pista, que se transformavam em rios ou lagos. Teve uma bem profunda que parei a Land Rover em cima da poça d´água, liguei o pisca alerta para a moçada das motos diminuírem a velocidade e desviarem. Se tivessem entrado na depressão cheia de água com velocidade, já era!!! Devido às condições da estrada tivemos que andar mais devagar e fizemos os 300 quilômetros de Bariloche até Esquel em quase 6 horas!!! A temperatura era baixa e variou em torno dos 10 graus centígrados.

______________________________________________________________________________
Texto: Zoom

Patagônia 2009: Chegando em Bariloche de Harley

Índice para os posts da Viagem Patagônia 2009

Trajeto percorrido de 16/10 a 26/10/2009

Gosto dos amigos que compartilham comigo o entusiasmo por motocicletas Harley-Davidson!!! Estar com alguns deles por aqui, enfrentando estes desafios, me faz um bem danado!!! Estamos sempre juntos e a alegria é total.

Cruzamos em Puerto Varas com um casal de Sampa, numa Suzuki Vstron. Eles estavam fazendo o mesmo trajeto, mas no sentido inverso e estavam sozinhos. Nós os convidamos para jantar, mas eles preferiram ficar sozinhos!!! Se fossem Harleyros, primeiramente não estariam sozinhos e com certeza aceitariam nosso convite para o jantar e, quem sabe, dariam meia volta e nos acompanhavam no resto do nosso trajeto…..rsrssrsrs

cerveja patagonia

Deliciosa cerveja Patagônia

A amizade e o espírito de união está acima de tudo!!! Somente quem anda e gosta de Harley sabe o que é isso… Pena o Zé Maria e a Imaculada nao estarem por aqui com a gente, mas são lembrados sempre…

Lembramos também do Hélio sempre que conseguimos achar um lugar com a deliciosa Patagônia, uma cerveja muito suave e saborosa que ele gostou muito na viagem do ano passado por estas bandas.

 

 

 

Andes perto do passo Cardenal Samoré

Hoje pela manhã partimos para uma nova travessia da Cordilheira dos Andes, atravessando o paso Cardenal Samoré. A cordilheira, nesta região, é bem mais estreita e mais verde do que no Paso de Jama, por onde entramos no Chile dias atrás. A altitute também foi bem menor, o que tornou o trajeto bem mais curto e rápido do que a travessia de Mendoza para Santiago.

carabineiros perto de bariloche

Policia Caminera inspecionando as motos

Na alfândega, que é operada conjuntamente pelo Chile e Argentina, foi a primeira vez na viagem que invocaram com as motocicletas!!! Ficaram retidas na fronteira, enquanto a Land Rover passou sorrindo e dando tchauzinho….Na chegada a Bariloche, foram parados novamente pela Polícia Caminera argentina e lá foi a Land Rover embora sem problemas…. Cada um tem o seu dia de caça e dia de caçador…rsrsrsrs

Andes chegando a Bariloche

Ficaremos três dias em Barilhoche, na minha opinião o ideal seriam dois dias…. Vamos aproveitar o tempo para comer e beber os ótimos vinhos argentinos, e vamos fazer um pouco de bagunça por aqui também!!! Nada de anormal, mas espero que ninguém do grupo seja preso pelos Camineros!!! Afinal, só tem anjo por aqui, né?

______________________________________________________________________________
Texto: Zoom

 

Patagônia 2009: Homenagem às nossas Rainhas

Índice para os posts da Viagem Patagônia 2009

Muito frio e chuva… o clima tem castigado os nossos amigos que estão de motocicleta!! A temperatura tem ficado em torno dos 10 graus centígrados mas a sensação térmica fica em torno dos 4 graus. Andando, com o vento nas motocicletas, gela até os pensamentos!!!

Os Andes entre Osorno e Bariloche

As mulheres estão de parabéns, se comportaram até aqui como verdadeiras guerreiras!!! Sentam atrás das motocicletas, e somente saem quando paramos para abastecer. E mesmo assim, sorrindo e no maior astral….Pode??

A alegria das nossas guerreiras não é ofuscada nem pela chuva, nem pelo frio, nem pelo trânsito, nem por todas as adversidades que temos passado!!!

todos em Osorno2

Galera em Osorno

Elas complementam a diversão comprando todo tipo de tralha como agasalhos, luvas, pescoçeiras, tudo que ajude a aguentar o frio e a chuva. Mesmo tendo lugar vago na Land Rover, elas não largam seus companheiros na chuva e frio…elas sentam na garupa no maior alto-astral e ficam rindo adoidado, nem ligando para os desafios do clima.

Hoje, ao cruzarmos a Cordilheira, eu e a Lu nos desviamos do caminho planejado, enquanto o grupo nas motocicletas continuou o trajeto rumo a Bariloche.

allianca02

Estrada de rípio para Antillanca

Resolvemos revisitar sozinhos de Land Rover, um local maravilhoso  que há 21 anos atrás serviu de palco para firmar o nosso  relacionamento…Estávamos aguardando este momento durante toda a viagem, especialmente para reviver esta história no refúgio Antillanca, uma estação de esqui ao lado da fronteira Chile/Argentina, a alguns quilômetros de Osorno. Antillanca continua sendo um lugar maravilhoso e romântico ao extremo. Só por isso já valeu esta viagem!!!. Foi um remember total !!!

Pena os casais Betao/Marli, Geraldo/Solange e Folegatti/Gláucia não terem tido a oportunidade de conhecer Antillanca, nos separamos deles para dar uma esticada até a estação, pois o acesso era difícil para as motos. A estrada era de rípio (terra vulcânica) e as HDs nao teriam conseguido subir a serra. Recomendo este lugar para quem está de mal com a companheira !!!

______________________________________________________________________________
Texto: Zoom

Patagônia 2009: Os Vulcões do Chile

Índice dos posts da Viagem Patagônia 2009

Rumo a Puerto Montt

Rumo a Puerto Montt

A Cordilheira dos Andes foi deslumbrante, mas não  imaginávamos que ainda teríamos tantas paisagens maravilhosas pela frente… muitos vulcões e lagos!!!

O percurso de Rancágua até Pucón foi feito debaixo de uma forte chuva, que comecou a cair logo quando pegamos a estrada, e não parou durante todo o trajeto de 670 quilômetros!!!!

 

Pucon e Villa Rica

Cidade de Pucón e o vulcão Villa Rica

Foi então que aconteceu o tombo….mas calma, não foi de moto não, graças a Deus!!! Com toda aquela parafernália de roupa de chuva, eu caí de bunda num posto de gasolina, e se não fosse os remedinhos mágicos do Dr. Zoom a viagem teria acabado aqui para mim!!! Que porrada!!! Aliás o casal Zoom tem, remédio para tudo que é tipo de dor!!! Enxaqueca, enche a cueca, dor, dor, dor…. Também dão aula de alongamento para os necessitados em pleno restaurante…Descobrimos também uma bebidinha mágica, que tira dor, e esquenta o frio, seca bota molhada…uma tal de PISCO!! Depois do tombo de bunda, eu nem imaginava “piscar” mais…. Se nao fosse o PISCO já era!!!

No topo do Vulcão Villa Rica

Na encosta do Vulcão Villa Rica

A cidade de Pucón é maravilhosa, ficando à sombra do Vulcão Villa Rica e às margens de um lago azul-escuro, cujas águas refletem a impressionante vista do Vulcão.  Uma das atrações é pegar a estrada que leva ao topo do vulcão, e foi o que fizemos!!! Pegamos nossas motos e subimos a estradinha rumo ao topo nevado do Villa Rica, foi quando pegamos uma nevasca daquelas… As harleys patinaram na neve, mas mesmo assim continuamos a subida do Vulcão até onde deu… ah, ah, ah…

 

Subida para o Vulcão de Van

Mais à frente, numa Van alugada com correntes nas rodas, continuamos rumo ao topo do Vulcão… mas nem assim conseguimos chegar ao topo!!! As nossas rainhas brincaram na neve como crianças!!! Conseguimos encalhar a Van, e foi ai que apareceu o Gauchito Gil… ao vivo e a cores, e nos tirou daquela meleca…. A defunta Correa também colaborou (na volta explico o que são esses personagens)…

No dia seguinte, saímos de Pucon rumo a Puerto Varas com mais chuva caindo…. e aí aconteceu o outro tombo…. dessa vez a Solange beijou o solo chileno, mas como estava de capacete, não se machucou…. e advinha o que aconteceu em seguida?? Dr. Zoom e seus remedinhos, extra estrongue!!!

Saltos de Petrohué

Hoje fomos recompensados com um dia de sol maravilhoso em Puerto Varas!!! A cidade é pequena com ruas largas e vistas esplêndidas de dois vulcões, o Osorno e o Calbuco. Fizemos um tour até Puerto Montt, onde almoçamos Centoia e outros frutos do mar regionais!!! Uma delícia!!! Após o almoço fomos visitar o Vulcão Osorno e no caminho visitamos os saltos de Petrohué.

O Vulcão Osorno é inacreditávelmente  lindo…. Desta vez, os corajosos (Betão e Marli, Geraldo e Solange e eu!) subiram de teleférico, os demais bundões ficaram no abrigo quentinho… No topo do Vulcão havia meio metro de neve!!! A Solange estava de sandália rasteirinha e com meia fina!!! Imagina como ficou o pézinho dela…. quando voltamos ao abrigo, ela colocou o pé dentro do aquecedor!!!

Puerto Varas e Vulcão Osorno

O hotel aqui em Puerto Varas, é excelente… sem dúvida a melhor cama de todos os hotéis da viagem!!! Possui uma belíssima vista para o lago, com o Vulcão Osorno ao fundo…maravilhoso!!!

Vamos jantar agora…. e amanhã o destino é Bariloche !!

P.S. Los mecânicos que trocaram el fusível da minha moto em Rancágua, Geraldon e seu assistente Beton, deixaram um gato para ganhar mas plata… No caminho pifou de novo, e dessa vez foram dois fuzíveis….. tive que pagar $2000 pesos de novo para los mecânicos, só pelo servicio pois los fusíveis foram presentes !! Até agora, tá tudo funcionando de novo…

______________________________________________________________________________
Texto: PHD Folegatti

Patagônia 2009: Nos Andes de Land Rover

Índice dos posts da Viagem Patagônia 2009

A poderosa Land Rover

A poderosa Land Rover

A chuva, o frio, a posição de pilotar e a tensão, estavam arrebentando com as minhas costas, que como sabem já foi operada…

Não estava querendo arriscar forçando continuar a viagem e  isto virar um tormento e, com dores, tendo que parar mais vezes.  Portanto, em Ponta Grossa mandei a coisa preta (a Elektra) de volta para Campinas via transportadora e, de forma muito mais agradável,  passei a dividir a direção da Land Rover com a Lu….

 

Chuva na estrada

Chuva na estrada

A viagem está uma maravilha, mesmo com a chuva que teima em nos acompanhar durante a viagem! Até agora tivemos apenas uns dois dias que não choveu, com isso os colegas nas motocicletas foram muito castigados nas estradas…

Neve nas encostas da Cordilheira dos Andes

Neve nas encostas da Cordilheira dos Andes

Por causa da greve na alfândega chilena, a travessia da fronteira da Argentina com o Chile foi terrível…Como eu e a Lu estamos de Land Rover, não pudemos nos beneficiar da curtíssima fila para motos na fronteira com o Chile…tivemos que entrar na fila dos carros e nos submeter à demora no atendimento devido à greve em curso. Realmente me dei mal, mas como estou muito bem acompanhado, leia Luciana, não tivemos maiores contratempos.

Os demais colegas nas motos aproveitaram para almoçar em Portillo, uma estação de esqui situada alguns quilômetros à frente. Mas mesmo assim, o tempo gasto no almoço não foi suficiente para a liberação da Land Rover na alfândega! Ficamos mais de 4 horas parados na alfândega no topo da Cordilheira, com neve para tudo que é lado. Os colegas queriam nos esperar, mas como estávamos de carro, e dividindo o volante, não achei necessário e liberamos o grupo nas motocicletas para continuar viagem na frente do Land Rover.  A  Marli deixou conosco um mapa detalhado que nos orientou até o reencontro com o grupo em Rancágua.

No dia seguinte saímos cedo de Rancágua e rumamos para a cidade de Villa Rica pela Ruta 5, uma excelente rodovia que corta o Chile de norte a sul. Ontem visitamos na parte da manhã a charmosa cidade de Pucón e o parque do magnífico Vulcão Villa Rica e na parte da tarde pegamos a estrada rumo a Puerto Varas onde ficaremos por dois dias.

Vulcão Osorno

Hoje fomos visitar o famoso Vulcão Osorno e visitamos a cidade de Puerto Montt onde almoçamos. Amanhã retornaremos para o território  argentino, cortando novamente a Cordilheira dos Andes na região dos lagos até Bariloche.

______________________________________________________________________________
Texto: Zoom

Patagônia 2009, o início de tudo

Indice de posts da viagem Patagônia 2009

Rumo ao Chile....

De novo, rumo ao Chile….

Deveria ser um sábado como tantos outros, passeávamos de motocicleta. Todavia, durante o almoço concitei meu Irmão Harleiro PHD Betão para que fizéssemos uma nova viagem até o Chile, por roteiro diferente. Sentido mais ao Sul.  Naquele mesmo instante, nosso Irmão Betão, convidou o nosso Irmão Harleiro PHD Folegatti para a referida façanha, sem que soubéssemos ao certo o que faríamos.

Naquela ocasião foi dado o início do que agora estamos prestes a concretizar, uma viagem à Patagônia.  No ano anterior (2008) estivemos em Viña del Mar e Santiago de Chile. Com isso tínhamos atravessado o continente. Do Atlântico ao Pacífico. Mas, desta vez queríamos muito mais. Pretendíamos descer a cordilheira Chilena até o sul.

A semente estava plantada. Os dias foram transcorrendo calmamente, o projeto foi tomando a sua forma.  Foi aí que o nosso irmão Harleiro Zoom veio integrar o grupo. A essa altura éramos quatro Irmãos, eu (PHD Cabanas), PHD Betão, PHD Folegatti e o Zoom, todos acompanhados das nossas Rainhas: Solange, Marli, Gláucia e Luciana.

Bem, a partir daí, muitas conversas foram trocadas, como havia tempo significativo contávamos os meses.  Logo passamos a contar as semanas, os dias e em breve as horas e os minutos.  É uma estranha sensação, na medida em que o tempo ia se esgotando, na proporção inversa, a nossa adrenalina ia aumentando. O sangue ferve nas veias, a pulsação aumenta, e com isso a ansiedade de estar na estrada montado nas nossas princesas trazendo na garupa as nossas Rainhas. A brisa tocando os nossos rostos, o ronco do motor como melodia aos nossos ouvidos e o asfalto passando sob os nossos olhos. No horizonte, o futuro se aproximando.  No retrovisor o passado, deixando para trás o percurso já percorrido.

Fizemos reuniões para traçar estratégias, na qual pudemos constatar a euforia dos que participariam da Expedição à Patagônia, oportunidade em que pudemos, infelizmente, constatar a desolação nos olhos daqueles que por algum motivo gostariam de nos acompanhar, mas, não poderiam participar da aventura.  A última reunião transcorrera num clima misto de euforia e ansiedade, uma vez que ao mesmo tempo em que faltavam apenas seis dias para iniciarmos a viagem seriam seis dias intermináveis, que passariam mais lentamente do que gostaríamos.  Logo passamos a contar as horas e os minutos para que a nossa jornada de 26 dias de estrada se iniciasse. O trajeto promete, com locais e vistas deslumbrantes. Enfim, estávamos prontos para transformar o nosso sonho em realidade.

A quinta-feira, véspera da nossa viagem, amanheceu chovendo. Durante o dia e à noite os nossos Irmãos que não estariam conosco nos desejaram uma boa viagem.  Nem mesmo o mal tempo que assolou o sul do País arrefeceu os nossos ânimos.

Enfim, na data aprazada estávamos prontos.  Hoje, o dia amanheceu radiante, prometendo muito sol.  As malas já estão devidamente acomodadas, pilotos e as Rainhas devidamente paramentados, as princesas com os motores rugindo, produzindo uma maravilhosa melodia aos nossos ouvidos, propiciando enorme prazer e sensação de bem-estar.  Agora temos de partir. Já é hora transformar os nossos sonhos em realidade.  Sonhar é viver. Viver é concretizar os nossos sonhos em realidade, para que fique indelevelmente registrada em nossas memórias, a maravilhosa experiência vivida.  Gostaria de continuar escrevendo para melhor detalhar a expediência a ser efetivada, mas, o dever nos chama. Quero dizer: o prazer de pilotar as nossas princesas pelas estradas da Patagônia nos chama!
______________________________________________________________________________
Texto: PHD Cabanas (Geraldo)

Viagem de moto à Patagônia 2009

Acompanhe os Posts sobre a Viagem

Veja outras viagens do HOG Campinas
Patagônia 2009: Depoimento final do Geraldo !!
Patagônia 2009: Depoimento final do Betão !!
Patagônia 2009: Depoimento final do Folegatti !!
Paragônia 2009: Após 10.300 km, em casa!
Patagônia 2009: Chegando em terras brasileiras
Patagônia 2009: Rumo à Casapueblo no Uruguai
Patagônia 2009: O pneu furado em Rio Colorado
Patagônia 2009: A fauna da Península Valdez
Patagônia 2009: Rumo a Puerto Madryn
Patagônia 2009: Esquel e Parque Los Alerces
Patagônia 2009: San Carlos de Bariloche
Patagônia 2009: Chegando em Bariloche de Harley
Patagônia 2009: Homenagem às nossas Rainhas
Patagônia 2009: Os Vulcões do Chile
Patagônia 2009: nos Andes de Land Rover
Patagônia 2009: Travessia da Cordilheira dos Andes
Patagônia 2009: Rosário a Villa Mercedes
Patagônia 2009: União da Vitória a Rosário/AR
Patagônia 2009: Campinas a União da Vitória
Patagônia 2009, o início de tudo

Na próxima sexta-feira dia 16 de outubro,  começa a aventura do PHD Betão, PHD Cabanas (Geraldo), PHD Folegatti, do Zoom e  respectivas esposas Marli, Solange, Gláucia e Luciana, todos íntegrantes do HOG Chapter Campinas, rumo à Patagônia  seguindo um plano de viagem que inclui a região dos Vulcões Chilenos.

O grupo entrará na Argentina em São Borja (Santo Tomé/AR)  e rumará para o Chile, cruzando a Cordilheira dos Andes na altura de Santiago, continuando a viagem descendo o território Chileno até  Puerto Mount, cortanto a região dos Vulcões e lagos. O grupo cruzará novamente a Cordilheira na direção de Bariloche, rumando para a Península Valdez (Puerto Madryn) já no litoral do oceano Atlantico  e retornam para Buenos Aires, passando em Bahia Blanca e Mar del Plata.

Trajeto da Viagem de moto à Patagônia - Out/Nov 2009

Trajeto da Viagem de moto à Patagônia – Out/Nov 2009

A viagem continua de balsa até Colônia del Sacramento, Montevideo e Punta del Este no Uruguai. Finalmente retornam ao Brasil, passando por Porto Alegre e rumando pela BR101 até Joinvile/SC onde fazem o último pernoite  antes do trecho final da viagem rumo a Campinas/Limeira/Salto.

A viagem terá um trajeto total de 10.300 km, rodados em 26 dias. O grupo irá em 4 motocicletas Harley-Davidson modelo Elektra e serão acompanhados por um carro de apoio guiado pela Luciana.

Desejamos uma excelente viagem para os nossos 8 amigos aventureiros e que o Anjo da Guarda os acompanhem por todo o trajeto. Vamos  disponibilizar neste Blog, todo o material enviado pelos integrantes do grupo durante a viagem, tais como relatos, textos, notícias, fotos, imagens, etc. Portanto, sugerimos que consultem regularmente os posts deste Blog  para seguirem a aventuras do grupo na viagem à Patagônia!

_________________________________________________________________________________________
Texto: PHD José Maria

A Patagônia nos aguarda!!

Neve na estrada de Winter Park/CO - EUA

Neve na estrada de Winter Park/CO – EUA

Olho para fora e vejo que o chão ainda está molhado.  Durante o dia choveu levemente e a temperatura baixou um pouquinho.  Suportável, mesmo sem muito agasalho.  Isso me faz lembrar o dia 16 de setembro de 2007 quando a equipe de aventureiros: Betão, na direção da Van, comigo de carona. Zé Maria e Toninho na pilotagem das Harleys, chegávamos em Winter Park no Colorado/EUA, numa tarde chuvosa.  Inclusive com granizo.  Altas emoções nas curvas geladas das montanhas do Rocky Mountain National Park.

No dia seguinte quando deixamos Winter Park rumo a Denver, eu saí pilotando a Electra, juntamente com Toninho e, é claro, com as nossas “queridas” na garupa.  Logo na saída, a chuva voltou a cair e logo mais adiante começou a cair “neve”, exatamente quando a temperatura se igualou a zero graus no topo da montanha.  Imaginem pilotar uma Electra na Neve.  É muita emoção.  Foi uma experiência indescritível, somente vivenciando-a é possível entendê-la.

Pois bem, estamos exatamente há uma semana da nossa partida, rumo à Patagônia. . . . Na próxima sexta-feira dia 16 de outubro de 2009, saímos em nossas motocicletas Harley-Davidson eu e a Solange, o Betão/Marli, o Folegatti/Gláucia e o Zoom/Luciana com destino a Santiago do Chile, Puerto Mount, Bariloche, Puerto Madryn e Buenos Aires. Esperamos curtir esta viagem tanto quanto curtimos a do ano passado para o Chile!

Camiseta do Volney

Camiseta do Volney

Hoje, na Loja Harley-Davidson de Campinas encontrei um irmão Harleyro, o Volney de Curitibanos/SC, que fez uma viagem para o Chile parecida com a nossa no ano passado, acompanhado da esposa.  Ele caprichou, fez uma camiseta com o roteiro, estampou a foto do casal e mandou bordar o nome. Ficou muito bacana!

______________________________________________________________________________
Texto: Geraldo