Ruínas da Capelinha

Ruinas da Capelinha em Holambra

Era um lugar ermo… Em cor tranquila, a luz do final da tarde sorria para o nosso ensaio fotográfico! Estávamos cercados por um milharal em formação que dava o tom dramático ao lugar… No centro erguia-se a quase silhueta do que foi um dia uma Capela, com sua pequena torre ainda de pé, apesar do teto estar em ruínas…

Com interior deserto e paredes envelhecidas pelo tempo, a velha Capela era rodeada por ervas daninhas que pareciam abraçá-la em um abraço afeiçoado. Cada canto era enfeitado pelo musgo do tempo, lugares emaranhados a serem explorados, enquanto a brisa assobiava através das frestas das velhas paredes rachadas… frestas falantes que davam o tom sagrado ao lugar!

A Capela está abandonada a mais de 30 anos e uma visão do interior da Capela através das fendas da velha parede, nos chamava a atenção para o que foi um dia um pequeno altar.

Os antigos diziam que o lugar  foi uma Capela ao lado de um pouso para Tropeiros que saíam de São Paulo rumo a Goiás na época do Brasil Colônia.

A estrada de terra que atualmente passa em frente à Capelinha, faria parte do antigo Caminho dos Goiases, aberto por bandeirantes que desbravaram o interior do país nos séculos 17 e 18.

Longe de qualquer vestígio da cidade de Holambra/SP, estas ruínas eram uma perfeição como locação e nos inspirava em nosso ensaio fotográfico.

Mas antes que a luz do dia desaparecesse e extinguisse a possibilidade de registrarmos a beleza singular do lugar,  contrastando com tudo isso, uma linda Modelo (Pietra) com olhos esverdeados e cabelos ruivos intensos se preparava para posar em nosso ensaio fotográfico.

Fotografia em Holambra

Quer fotografar nos campos floridos de Holambra?
www.fotografiaemholambra.com.br

______________________________________________
Texto e Fotografia: José Maria

(Visitado 120 vezes, 1 visitas hoje)

Postar sua mensagem