A Marcha dos Pinguins

marchadospinguins

Gosto de escrever sobre filmes para pessoas que já viram o filme! Portanto, esta resenha, se podemos chamar assim, é para aqueles que já assistiram a este maravilhoso filme.

O filme mostra de forma dramatizada, mas expontânea do ponto de vista dos Pinguins, a brava jornada anual dos Pinguins na busca da perpetuação da espécie, abordando  aspectos tais como:  missão, definição de objetivos e metas, espírito de equipe, persistência,  solidariedade, visão compartilhada e  convivência com ameaças e riscos.

O filme do biólogo e documentarista francês Luc Jacquet, dramatiza as atividades dos Pinguins Imperadores em seu ciclo reprodutor durante o inverno da Antártica e acompanha a marcha destas aves nos períodos que antecedem e suscedem o inverno.

O documentário mostra, do ponto de vista de um casal de Pinguins (e posteriormente também de seu filhote), a luta pela sobrevivência da espécie, a união do grupo, os sacrifícios de acasalar e reproduzir em temperaturas tão baixas, a falta de comida e alternativas para contornar a fome e os perigos que levam alguns à morte.

Uma vez acasalados, após uma longa marcha no gelo de mais de 100 quilômetros, os machos tomam conta dos ovos enquanto as fêmeas partem numa longa marcha em busca de alimento para os futuros filhotes.  Os ovos, e futuramente os filhotes,  necessitam de enormes cuidados e proteção do frio intenso e dos predadores.  Mostrando uma enorme noção de equipe, os Pinguins se aglutinam em uma enorme roda de pingüins que se revezam, um esquentando o outro, protegendo os ovos e os filhotes do frio intenso de cerca de 40 graus negativos.

O filme  foi recorde de bilheteria na França,  foi  o segundo documentário mais visto nos Estados Unidos e  também ganhou o Oscar de melhor documentário em 2006.  O maior mérito do filme em relação a outros documentários sobre o mesmo tema, é a abordagem da saga dos Pinguins para a perpetuação da espécie.  Normalmente os documentários sobre a vida animal ficam no binômio simplista presa-predador.

Analisando mais profundamente o filme, fica para nós seres humanos “inteligentes”, profundas  lições de missão, objetivos, vida em equipe, valores,  abnegação, persistência e sacrifícios para o bem da coletividade, tudo isso vindo de simples animais tidos como irracionais, os Pinguins Imperadores do polo sul.

_________________________________________________________________________________________
Texto: José Maria
(Visitado 117 vezes, 1 visitas hoje)

There is one comment

  1. Laura Michaelli dos Santos

    Bom, você tinha que falar mais sobre o filme. Contar o que você entendeu sobre o filme A MARCHA DOS PINGUINS, contar sobre os filhotes, o nascimento, a temperatura do polo sul e tal….

    Obrigado!

Postar sua mensagem