Chateau de Chambord no Vale do Loire

Chateau Chambord
Aproveitamos nossa viagem a Paris para revisitar o Chateau de Chambord no Vale do Loire (veja a postagem da nossa primeira visita). Como planejávamos gastar apenas um dia, optamos por uma excursão da empresa ParisCityVision. O Chateau foi construído pelo Rei François I é o maior de todos os castelos do Vale do Loire, sendo  rodeado por um imenso parque e reserva de caça. O Chambord é de longe o castelo mais popular e visitado na região do Vale do Loire. Portanto, prepare-se para encontrar muitos turistas durante a sua visita ao castelo.

História do Chateau de Chambord

Em 1519, o rei François I mandou demolir a mansão original existente no local e iniciou a construção do castelo de Chambord. O projeto inicial do castelo é atribuído a Leonardo Da Vinci e a localização próximo à floresta de Boulogne, serviu como uma perfeita base de caça para o rei.

Em 1537, 18 anos após o início da sua construção, o castelo teve concluído a totalidade das torres e terraços. Posteriormente o Rei François I, construiu um pavilhão real no canto nordeste do castelo, com uma galeria de dois andares. Henri II, seu filho, iniciou a construção da ala oeste do castelo, abrigando a capela e mais tarde, em 1685, Luís XIV completou uma extensão de 440 quartos ao castelo. Posteriormente, o Chateau serviu a outros monarcas e membros da aristocracia francesa. Em 1930 o Estado Francês comprou a propriedade e em 1981 foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Interior do Chateau de Chambord

No século XVII, Chambord consistia em 440 quartos, 365 chaminés, 14 escadarias principais e 70 escadarias menores. As principais características do magnífico Chateau de Chambord incluem a grande escadaria e a impressionante linha do horizonte. A inovadora escadaria foi projetada por Leonardo da Vinci, consistindo de dois lances de escadas separados em espiral ao redor do outro. É possível que duas pessoas entrem nas duas escadarias na base e não se vejam até chegarem ao topo.O horizonte do castelo é a sua característica mais distinta e surpreendente, com uma torre central que atinge 32 metros de altura e terraços com  torres e frontões esculpidos. 
 
O prédio com sua parte exterior imponente e suas inúmeras torres, tem o interior relativamente vazio. Na verdade o Chateau Chambord nunca poderia ser realmente usado como um castelo residencial adequado para viver por longos períodos de tempo, devido ao seu tamanho era uma tarefa muito difícil mantê-lo aquecido durante o inverno. Por isso, não é surpresa que a maior parte do castelo permaneça sem mobília. Você encontrará algumas pinturas e obras de arte espalhadas pelo castelo, mas não espere belas tapeçarias, móveis e pinturas como nos castelos de Chenonceau ou Cheverny.

Jardins do Chateau de Chambord

O Chateau está localizado em uma área imensa, com o Chateau dominando a paisagem com seus elaborados jardins. A grande propriedade de Chambord abrange 1000 ha de carvalhos, pinheiros, pântanos e clareiras magníficas. A vasta floresta está aberta aos visitantes que desejam descobrir a reserva nacional de vida selvagem a pé, de bicicleta ou a cavalo. Todos os visitantes durante todo o ano podem acessar observatórios montados para ver animais selvagens. 

O destaque de Chambord é a visita ao topo do castelo com uma excelente vista dos jardins. A partir da vista do telhado  percebe-se o tamanho da propriedade onde está localizado o castelo. O topo do castelo é também o lugar perfeito para admirar o trabalho artístico nas muitas torres que compõem o Chateau de Chambord. A beleza e magnificência do Chateau de Chambord é de tirar o fôlego e é uma visita obrigatória para todos os turistas que visitam o Vale do Loire.

__________________________________________________________________________________
Texto: José Maria

(Visitado 39 vezes, 1 visitas hoje)

Postar sua mensagem