Monthly Archives: Março 2014

Rua do Porto de Piracicaba e Engenho Central

Este post atualiza informações sobre a rua do Porto de Piracicaba já postadas em em 12/10/2009.  A rua continua repleta de restaurantes com mesas à beira do rio Piracicaba. Nos fins de semana pode ser difícil encontrar lugar livre em alguns deles. Desta vez chegamos cedo, por volta das 9:30hs da manhã e estacionamos o carro com facilidade pois neste horário, mesmo num dia de domingo, o estacionamento é fácil! Antes de almoçar  em um dos restaurante da Rua do Porto, nosso objetivo era visitar o Engenho Central que fica do outro lado do Rio Piracicaba. Recentemente foi inaugurada uma moderna ponte de pedestres que torna o Engenho Central bem mais acessível para quem está na Rua do Porto.

História do Engenho Central

O Engenho Central de Piracicaba foi construído em 1881, com a finalidade de produzir açúcar de forma mecanizada com a utilização de trabalhadores assalariados nas atividades do Engenho, substituindo a mão de obra escrava.

DSC_0184-2

Em 1899 já era o mais importante Engenho do país, com uma produção anual de 100 mil sacas de açúcar e três milhões de litros de álcool. O Engenho funcionou até 1974 quando teve a sua produção desativada.

DSC_0216-2

O Engenho Central foi tombado em 1989  pelo CODEPAC como patrimônio histórico e cultural sendo desapropriado pela Prefeitura de Piracicaba, tornando-se um  importante espaço cultural, artístico e recreativo com uma área verde é de 80 mil metros quadrados e uma área construída 12 mil metros quadrados.

DSC_0239-2

Em cerca de 2 horas é possível ir da Rua do Porto até o Engenho Central, visitar os prédios e Galpões abertos para o público, visitar uma a loja de artesanato do local e retornar para a Rua do Porto. Fizemos este trajeto em 3 horas pois estávamos em um grupo de aficcionados por  fotografia,  cujo interesse era fazer um registro fotográfico dos prédios históricos do Engenho Central.

Rua do Porto

Retornamos às 12:30hs para a Rua do Porto e fomos para o restaurante Cais do Porto comer  “Filhote”, o peixe mais saboreado nos restaurantes da Rua do Porto.  Fomos à churrasqueira e escolhemos duas peças: uma de Filé e uma grande Posta de Filhote, totalizando cerca de 2 kg para um grupo de 9 pessoas.

Rua do PortoEste é um ponto característico da rua do Porto, você não pede o peixe na mesa…o comum é ir até a churrasqueira do restaurante e escolher uma peça  do peixe que voce quizer! O pedaço é pesado na sua frente e é colocada uma vareta no peixe, com o número da mesa que você está sentado. O peixe foi acompanhado por um pirão, molho tártaro e arroz. Como sempre, o peixe estava muito bom, tempero no ponto,  bem macio e suculento… na textura certa…fomos muito bem atendidos no nosso pedido de  “Posta de Filhote” e  “Lombo de Filhote” na brasa que o grupo saboreou numa mesa às margens do rio Piracicaba.

DSC_0663-2

Fica portanto a dica, quando visitar a Rua do Porto de Piracicaba reservar cerca de 2 horas para conhecer os prédios históricos do Engenho Central. O local é agradável com prédios imponentes com ótimo fundo para fotografias…Na hora do almoço, retorne para um dos restaurantes da Rua do Porto e saboreie um “Filhote na Brasa”, o peixe mais famoso da rua do Porto, com uma linda vista para o Rio Piracicaba!


Texto e Fotos: José Maria e Imaculada