Monthly Archives: Julho 2009

Mais que uma Aventura (de moto rumo ao Chile)

Antes da viagem escutávamos de todos: As esposas irão de avião? Vocês irão com elas na garupa? Planejam carro de apoio? Esclarecíamos que os planos da nossa aventura eram seis casais sozinhos em suas motos Harley-Davidson, acompanhados apenas do nosso Anjo da Guarda, todos rumo a Santiago do Chile, cruzando as geleiras dos Andes num trajeto de mais 8 mil km.

Desde o nosso regresso, em novembro de 2008, eu queria escrever um artigo sobre a minha motivação para a realização da aventura. Contar o que antecedeu a viagem, as dificuldades, as inúmeras reuniões de planejamento quando analisávamos o percurso, as condições climáticas, temperaturas, distâncias, etc.

Confesso que temi pelo pior, primeiramente que algum imprevisto profissional urgente pudesse desfalcar o grupo. Mais tarde, quando nossa partida estava iminente, pensava nos desafios que iríamos deparar e me consolava de antemão para o caso de ocorrer a desistência de algum colega no meio da viagem por problemas com a motocicleta ou de saúde! Estabelecemos um pacto para as emergências: caso ocorressem imprevistos, todos se solidarizavam esperando chegar ajuda. Quando isso ocorresse, o grupo continuaria a aventura desfalcado.

Por mais que eu me esforçasse, eu não conseguia tempo para me dedicar aos preparativos da viagem da forma como eu julgava necessário, tendo em vista a envergadura da aventura! Vivia um momento muito produtivo no trabalho, estava comemorando o record de receita da empresa em 2008, resultado final dos nossos esforços para superar a crise de 2002 que quase inviabilizou a empresa. Estava muito atarefado, com acúmulo de atividades, pressão por resultados e conseqüente diminuição nas horas de sono e uma redução no tempo dedicado ao lazer.

Creio que na vida competitiva atual, quando estabelecemos objetivo de arrumar tempo para o lazer, às vezes pode soar como um pecado mortal. Somos compelidos a correr para “aproveitar” o tempo produtivamente, e com isso “aquele sonho” de realizarmos um determinado tipo de lazer fica proibido, se torna um sonho distante, uma utopia! Com o passar do tempo, nossa dedicação demasiada ao trabalho pode se tornar parte de nós mesmos e esquecermos como é bom e saudável nos divertir no nosso tempo livre.

DSC03845aInfelizmente, muitos se dão conta disso apenas quando já estão tomados por sentimentos de stress, dores, ansiedade, ou até inviabilizados com alguma doença. Nestas pessoas, esses desequilíbrios podem acarretar sintomas que são sinais de que o estado emocional está comprometido, as energias vitais estão sendo canalizadas de modo errado ou bloqueadas. Por isso é importante que restabeleçamos contato com a nossa totalidade, a nossa verdadeira fonte de energia…darmos uma pausa para fazer algo que realmente faça diferença para o nosso ser!

Para mim, tinha que ser algo que fizesse diferença nas férias que se aproximavam…Um desejo que estava escondido dentro de mim a muito tempo. Sabia que para realizá-lo, quanto mais o tempo passasse mais ele ficaria distante, pois a necessidade de superar nossos limites na aventura era incompatível com o avançar da idade!

Foi por isso, que depois de muito esperar, depois de um período extremamente produtivo no trabalho, com muito stress acumulado, coloquei a bagagem na motocicleta, minha esposa na garupa, e junto com amigos partimos para a aventura no Chile…

__________________________________________________________________________________________
Texto: José Maria
Imagens: Integrantes da Viagem
Viagem ao Chile, em Novembro de 2008, feita por integrantes do HOG Campinas